novologomnc vetor prancheta copia
dizer nao

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
Twitter

Por que mulheres não dizem “não”?

Hoje vim falar sobre um tema delicado, mas muito importante e que você já deve ter se deparado durante alguma situação em sua vida: aprender a dizer não. Durante a leitura, você vai descobrir que este assunto também tem a ver com feminismo, questões de empoderamento e como fazer para você, mulher, assumir um posicionamento diante dessas questões.

Para as mulheres, principalmente, desde pequenas, por estarmos inseridas em uma sociedade patriarcal na qual prevalecem relações de domínio sobre nós, somos ensinadas a estarmos sempre dispostas a atender as demandas alheias.

É preciso limpar a casa, cuidar dos filhos, ser uma boa mãe, uma boa esposa… E a lista continua.

Por que isso acontece?

Nós estamos acostumadas a dizer “sim” para satisfazer os outros e sermos solícitas, a fim de alimentar uma boa imagem sobre nós ou até mesmo para não causar um clima ruim. É só pensar: quando foi a última vez que você disse “não” para um amigo, filho, colega?

Se você não se lembra de sua resposta, esse é um sinal de que você deve repensar alguns posicionamentos de sua vida! E eles podem estar relacionados a forma como você se mostra para o mundo, e como seria importante se empoderar para tomar decisões mais assertivas e gentis com você mesma.

Grande parte da dificuldade de dizer não vem desse modelo de sociedade patriarcal a que fomos atribuídas a seguir. Não significa, porém, que isso não possa mudar. Inclusive, tem mudado! Ainda com passos lentos mas cada vez mais, a classe feminina têm se posicionado e assumido papéis que antes eram considerados “dos homens”.

Por exemplo, quando falamos da inserção de mulheres no mercado de trabalho, é notável o aumento do empoderamento feminino nesse sentido.

Apesar de ocuparem menos cargos gerenciais e ganharem menos do que homens, a participação das mulheres no mercado de trabalho, durante 8 anos a partir de 2012, cresceu.

A mulher tem se recusado a cumprir papéis a que foi supostamente designada, como cuidar somente do trabalho doméstico e começa a se inserir ativamente na sociedade.

Aplique também em ambientes profissionais! Assuma esse posicionamento

E então, quando o assunto envolve trabalho, continuar a dizer a palavra de três letras parece ainda mais complicado. Atualmente, muitas empresas e companhias têm dado espaço para uma gestão na qual o trabalho se dá de forma mais colaborativa e multidisciplinar, utilizando uma comunicação horizontal entre os colaboradores e departamentos.

Assim, é normal receber pedidos e demandas de outros setores além do seu, seja de colegas ou de superiores. As mensagens chegam por inúmeras vias, como mensagens, chats, chamadas de vídeo e de forma informal. Infelizmente, muitas pessoas ainda vêem mulheres como frágeis que devem sempre estar disponíveis.

Para dar conta de tudo sem se sobrecarregar, é preciso aprender quando dizer sim e não. Encontrar esse equilíbrio não é tarefa fácil, mas é essencial entender que, em alguns momentos, o não vai te proteger e ensinar que é impossível cumprir todas as demandas e exigências vindas de outras pessoas.

Aprender a dizer não vai fazer com que você ganhe mais tempo para ser produtiva e executar tarefas que você queira, ao invés de ficar à deriva dos desejos de outros. Também vai cultivar um respeito por você, uma vez que limites serão impostos e estabelecidos.

Aprendendo a dizer não: empodere-se!

Separei algumas dicas para você colocar em prática na próxima vez que for solicitada e não puder dar conta da execução de alguma tarefa!

1- Faça uma contraproposta

Se você tem dificuldade de dizer não, provavelmente vai sentir dificuldades em mudar sua postura de uma hora para outra e começar a fazer esse movimento de negar pedidos. Assim, ao invés de falar “na lata”, tente negociar um outro jeito de resolver uma situação a qual você foi solicitada.

2- Entenda que não é sua culpa

Não seja refém de uma situação fantasiosa da sua cabeça: nem todo mundo reage mal ao receber um não. Mas, se por acaso alguém expressar descontentamento,

Pense na negação como um direito, não um privilégio. Repita comigo: eu tenho direito a dizer não!

3- Busque autoconhecimento

O que está te impedindo de negar propostas? Talvez você já tenha levantado suposições, mas é importante saber quais são elas exatamente e o que significam para você. Por exemplo, muitas pessoas dizem não ter medo de serem rejeitadas, e isso evidencia uma falta de segurança em si mesmo.

O autoconhecimento vai te ajudar a listar prioridades na sua vida, e não ficar a mercê de situações, assim, vai ser muito mais fácil se empoderar e tomar decisões mais assertivas para você.

4- Frases para dizer não

Com essas dicas, eu realmente espero ter ajudado você a repensar no porquê você sente necessidade de se mostrar disponível para todo mundo. Para finalizar, vou deixar algumas sugestões de frases para você tentar colocar em prática no seu dia a dia

  • “Não, mas muito obrigada por me considerar para resolver X situação!”
  • “Eu agradeço, mas não vou conseguir.”
  • “Não vou conseguir te ajudar, mas você já pensou em pedir ajuda para outra pessoa?”
  • “Eu não me sinto pronta para assumir tal responsabilidade neste momento.”

5- Empodere-se

Nos ambientes em que você vive, frequenta e trabalha, é importante sinalizar que você não é obrigada a fazer favores para alguém!

Seu trabalho é muito importante e valioso e você não chegou até aí a toa! Assuma o comando para conseguir experienciar todas as suas potencialidades.

Uma atitude que vai te ajudar a se sentir mais forte dentro de espaços que você ocupa é conversar sobre essas questões com outras mulheres. Com certeza existem colegas passando por uma situação semelhante, e assim, vocês podem se apoiar e se ajudar.

Me conta aqui nos comentários: você tem dificuldade para dizer não? Também já sentiu que, como mulher, foi obrigada a dizer sim em algumas situações?

Artigos Relacionados