novologomnc vetor prancheta copia
Transição de carreira

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
Twitter

Transição de carreira: 5 dicas para você se preparar!

Falar sobre transição de carreira ainda é muito complexo, principalmente entre as mulheres. Um tema que mexe com muitos tabus, medos e desafios no mercado corporativo.

Entretanto, muitas de nós precisam conviver com a ansiedade ao ouvir a música do Fantástico, a melancolia quando acaba o final de semana e a frustração por não conseguir decolar na carreira.

Recentemente, um levantamento realizado pela empresa Brands2Life em parceria com o LinkedIn mostrou que mais de 60% dos brasileiros estão infelizes no seu emprego atual, mas têm medo de mudar de carreira.

Portanto, se você faz parte desse percentual e quer dar os primeiros passos, acompanhe as dicas que daremos neste post!

Quero tentar uma transição de carreira! E agora?

A transição de carreira pode acontecer de várias formas. Não necessariamente precisa ser uma mudança de profissão. Ou seja, se você quiser mudar apenas a sua especialização, também estamos falando de um processo de transição.

Ao longo da nossa experiência na Comunidade Mulheres no Comando alavancando a carreira profissional de mais de 1 milhão de mulheres, vimos alguns padrões quando o assunto é mudança de carreira. 

Dessa forma, se tivéssemos que enumerar as cinco dicas de ouro, seriam essas:

1. Comece a fazer networking

Networking é fundamental para a saúde da nossa carreira, e esse é um tema muito recorrente no nosso perfil do Instagram.

Entretanto, networking para quem quer mudar de carreira é fundamental e pode, inclusive, te ajudar a passar pela transição enquanto ainda está na carreira antiga.

Por isso, se conecte verdadeiramente, ofereça os conhecimentos que você já tem ao longo dos anos e esteja preparada para as transformações que chegarão.

2. Se organize financeiramente para a transição de carreira

Principalmente quando o assunto é a sua tranquilidade e bem-estar, a preparação financeira é indispensável. Pense em uma reserva financeira para quando você tomar a decisão definitiva ou para emergências.

Uma dica que pode te ajudar com essa organização é separar da sua conta o valor estimado todos os meses, ou encontrar uma renda extra que te dê o retorno para essa organização.

3. Não dê ouvidos às críticas

Acredite, você será criticada e ouvirá frases como:

“Vai jogar a sua carreira fora?”

“Não deu certo nesta área?”

“Você não está muito velha para isso?”

E provavelmente não será apoiada por muitas pessoas que acreditou que a apoiariam. Por isso, é muito importante que você tenha convicção dos impactos gerados em uma transição de carreira e continue confiando em si mesma!

4. Invista em algo que te traga conhecimento sobre a área que quer entrar

Isso não significa necessariamente que você precise de uma especialização ou um curso novo sobre aquela área. 

Até porque, mulheres têm um tempo de educação superior formal muito maior do que os homens, e não é isso o que as faz chegar em cargos de liderança.

Contudo, você precisa entrar no mundo da sua nova carreira de algum jeito. Fazendo um workshop, conseguindo um freela, observando o trabalho de colegas, consumindo conteúdo… Os caminhos são inúmeros, então se jogue!

5. Tire o blazer do preconceito

Por último, separe tudo o que te limita das coisas que podem te impulsionar. Não é hora de ter preconceitos e de deixar a Síndrome da Impostora te vencer.

Abrace cada desafio e vá sem medo em direção ao futuro que você sonhou para a sua carreira! Depois que você se soltar, começará a colher os frutos de tudo o que está plantando agora.

Agora, é com você! Se quiser continuar essa discussão sobre transição de carreira, clique no botão abaixo e assista à nossa live junto com Silvia Micelli, mentora da Mulheres no Comando, coach e expert em transformação, sobre transição de carreira.

Artigos Relacionados